quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Contagem regressiva 5... #Ro46Anos

KANDIERUS BAR o point do bom atendimento, cerveja gelada e de comida boa.
Abri o bar, claro é a contagem regressiva para meu aniversário.
COZIDO DE BODE
BODE FRITO NA MANTEIGA

FEIJÃO TROPEIRO PARA 50 PESSOAS
A parte mais gostosa da refeição... NOSSA AMIZADE!

 Meu aniversário é dia 24 mas eu tenho amigos "bobos" que comemoram dias antes comigo.
Obrigado e amanhã tem mais!

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

A trilha sonoro dos meus 46 anos(24/09) - parte 2/5

1981 - LUA E ESTRELA
A música de CAETANO que eu mais amo, não é de Caetano! VINICIUS CANTUÁRIA fez essa belíssima canção e Cae fez o maravilhoso "canto da apropriação".
Na única excursão do colégio CEMS que eu fui, em ITACARÉ, me deparei com a inesquecível história do cara que cantava para a lua... Claro que era LUA E ESTRELA.



1982 - DRÃO
GILBERTO GIL é fantástico e foi um desafio escolher apenas uma, os "ãos" dessa canção são meticulosamente bem empregado/pensado. "Quem poderá fazer aquele amor morrer?" desse jeito ninguém.


1983 - O AMOR VEM PRA CADA UM
ZIZI POSSI canta essa versão da música do Beatle George Harrison numa alegria única. "Seu coração tem algo que nunca muda mas que também não envelhece nunca" putz que coisa linda!!!!! Eu amo me alegrar com essa música!!!! E a interpretação de Zizi é fenomenal, não lembro o dia que ela entrou na minha vida mas sei que não vai sair nunca!


1984 - EGOTRIP
BLITZ essa foi a primeira banda que tocou meu coração de verdade. Deixei de ver e ouvir música só no rádio e tive meu 1º LP "Rádio Atividade". Que loucura para um garoto como eu, um carioca largadão nos vacais, duas gatas no vocal e um visual coloridão. AMEI DE CARA!!!!

quinta-feira, 31 de agosto de 2017

WALY SALOMÃO - Uma justa homenagem

Nada mais justo do que homenagear esse artista nacional nascido em Jequié. 

"Waly Salomão, jequieense, filho de pai sírio e mãe sertaneja, foi um poeta que agitou o Rio de Janeiro nos anos 70, 80, 90 e morreu precocemente em 2003, quando perdeu a luta contra um câncer. Foi também o compositor de canções como “Vapor Barato”, gravada por Jards Macalé, Gal Costa e O Rappa; “Mel”, sucesso gravado por Maria Bethânia e Caetano Veloso; e “Assaltaram a Gramática”, interpretada por Lulu Santos e Paralamas do Sucesso, entre muitos outros." Trecho do texto da SECOM (Secretaria de Comunicação de Jequié. Texto na íntegra clique aqui