quarta-feira, 30 de maio de 2012

Toca lá em casa... AMY WINEHOUSE – LIONESS: HIDDEN TREASURES


De 1983 para sempre. Ao invés de colocar a data de nascimento e a de morte, Amy deveria ser citada assim. Uma cantora tão grandiosa que se torna desnecessário explicar aos desavisados que vida pessoal nunca foi referencia para se julgar o trabalho de um artista deve nível, vamos deixar os boatos sobre vida pessoal para celebridades, ela foi ARTISTA. Vamos a LIONESS: HIDDEN TREASURES, disco produzido por Salaam Remi, que conheceu Amy aos 18 anos e desse encontro surgiu à idéia maravilhosa de fazer a versão de “Garota de Ipanema”, “Our Day Will Come” é aquele reggaezinho a lá Amy, “Tears Dry” na versão original, lenta e linda, “Valerie” sempre gostosa de cantar junto,” Like Smoke” um quase rap com o cantor Nas, alem da elegante” Body and Soul” com Tony Bennett. Se para os fãs é difícil não se emocionar com esse som e as lembranças que ele trás imagine para o Sr. Mitch Winehouse, pai de Amy. Ouça no volume máximo, em seu quarto, à noite e com a luz apagada

Texto originalmente escrito para o site F5 JEQUIÉ (http://www.f5jequie.com.br/colunas/44-saudades-amy-winehouse-e-as-mes-de-chico-xavier.html)

ROCK IN RIO 10... O Sonho Continua!

Originalmente escrito para o site F5 JEQUIÉ ( http://www.f5jequie.com.br/colunas/19-rock-in-rio-10-o-sonho-continua.html )

Falar do ROCK IN RIO é como falar de sonho, de adolescência, de medo, de amor e principalmente na coragem de ser feliz. Nessa 10ª edição, o que menos importa é se tem mais ou menos rock. 

Em 1985 nasceu o festival que uniu a liberdade do ROCK com a cidade brasileira mais ligada a essa sensação na época. O ROCK IN RIO é um festival que marca você para sempre, mesmo que você nunca tenha ido, só em viver esse sonho que, guardadas as devidas proporções, é o WOODSTOCK brasileiro.

Para um garoto de 14 anos que adorava ouvir BLITZ no seu WALKMAN amarelo, a possibilidade de sonhar em ir de pela 1ª vez para fora do estado, ficar sabendo da existência de bandas como AC/DC, IRON MAIDEN, OZZY OSBOURNE, SCORPIONS, YES e WHITESNAKE, era algo FANTÁSTICO. Se era apenas um sonho por causa das questões financeiras e outras mais, a música tema já me fazia ir além:

“Que a vida começasse agora
Que o mundo fosse nosso de vez
Que a gente não parasse mais de se amar
De se dar, de viver”

Essa música significava uma espécie de “VIVA A VIDA!” que me fez pirar e entender o quanto música, filme, amigos, escola servem para nos moldar, formar e arranhar. Podem até achar besteira ou crueldade pedir para os mais jovens irem no youtube fazer uma retrospectiva: 

“PRA ENTENDER O ROCK IN RIO”
O amor do QUEEN – LOVE OF MY LIFE em 1985
A poesia de Cazuza no BARÃO – BETE BALANÇO em 1985
A explosão do GUNS – SWEET CHILD O’ MINE em 1991
As vaias para LOBÃO – VIDA LOUCA VIDA em 1991
A roqueira CASSIA ELLER – SMELLS LIKE TEEN SPIRIT em 2001
Os hits do RED HOT – OTHERSIDE em 2001
As garrafadas em BROWN – A NAMORADA em 2001

Que nesse 4º evento no Brasil e 10º no mundo, as pessoas nunca deixem de sonhar e que o sonho de quem não foi torne-se realidade ano que vem em Portugal e Espanha ou em 2013 no retorno ao Rio.

Rádio Mercadinho do Ro Web... O Fim

E depois de 2 anos de muita animação e loucura, chegou ao fim as transmissões da Web Rádio que ia aos celulares através da MIXLR. Obrigad...