quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Há 44 anos por aqui... MEU ANIVERSÁRIO



Essa canção me traduz, me reduz, não tem nada de mim... Eu amo!


Quando me sinto assim
Volto a ter quinze anos
Começando tudo de novo
Vou me apanhar sorrindo

Seu amor hoje
Me alimentará amanhã
Eis o homem
Que se apanha chorando
Vivendo e não aprendendo
Eis o homem, este sou eu
Que se diz seguro
Que se diz maduro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

São João de Jequié 2017 - LUIZ LUA GONZAGA

Não gosto de forró mas 2 atrações me fizeram ir até a praça para curtir...  WALDONYS que arrebentou num forró verdadeiro e com presen...